O blogger é atualizado de acordo com as batidas do meu coração. É um prazer tê-los comigo.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Você acredita em alma gêmea?



"Você acredita em alma gêmea"? Talvez a resposta não tenha lógica para alguns, mas lógica nunca foi minha preocupação. Falo com o coração e brigo com a anatomia quando lembro-me que a cabeça fica acima dele. Eu sou espiritualista, olho as pessoas, muito antes de olhar as coisas. Sempre acreditei em alma gêmea, que é completamente diferente de acreditar em príncipe encantado.  Chama-se almas gêmeas, almas que num determinado momento foram divididas para que pudessem evoluir, e que possuem semelhanças em suas crenças, sentimentos,  enfim, que olham para a mesma direção. Viagem? Para alguns sim, para mim não.
Passamos a vida buscando um relacionamento que nos possibilite ficar mais inteiro, que dê um sentido maior às nossas vidas. Nessa busca, quase sempre nos perdemos, investimos em relações superficiais, que terminam e deixam tão pouco dentro de nós(se é que deixam algo). Aí, nos sentimos internamente tão confusos e perdemos a capacidade de perceber o simples. Crescemos sem consciência de que nem tudo tem uma explicação racional. Muitas vezes, só é preciso sentir.  Mas nessa sociedade, quem sente, é tido como sem juízo. Não há racionalidade no caminho que nos leva ao encontro de nossa Alma Gêmea. Porque o que é simples, não tem explicação. O que vem de dentro, foge aos olhos. 
Eu não achei minha Alma Gêmea.  Apostei em relacionamentos que achei que deveria apostar. Perdi, na maioria das vezes. Choque de realidade é algo difícil. Não há encontro de Almas Gêmeas simplesmente porque há o desejo de que isso aconteça. O único caminho capaz de nos levar a esse encontro, é o caminho de dentro. É conhecer a sua própria alma. Ninguém acha uma pessoa de tamanha importância, se ainda não se achou. É preciso um intenso e corajoso trabalho de auto-conhecimento, e como tão bem dizem, a convivência entre o ser humano e o silêncio é uma das mais difíceis. Silenciar-se, aquietar-se, voltar-se para a sua essência, sem medo, sem farsa, sem julgamento. Torna-se imprescindível essa avaliação pessoal  para o nosso crescimento. Esse é o único caminho para reconhecer-se, e reconhecendo-se, ser capaz de reconhecer  aquela alma com características tão próximas às suas, e aí, em uma total falta de explicação, você encontra sua Alma Gêmea. Guardo comigo a crença de que a partir desse encontro, será  mais fácil  seguir. Viver  a dois, de verdade, com certeza, torna a vida muito mais leve.
Eu ainda continuo no caminho do auto-conhecimento até encontrar (se eu encontrar) minha Alma Gêmea.







4 comentários:

Anônimo disse...

Querida amiga, no lo creyo en brujas, pero...Sua ótica é verdadeira, só o auto-conhecimento pode nos levar à felicidade, mesmo esbarrando nos outros.Mtos tentam, alguns conseguem.
O outro lado da sua laranja pode estar podre e vc só percebe qdo morde. Qdo vc menos espera surge outra coisa e vc nunca sabe se vai valer à pena.
Viver é complicado...ninguém é 100% feliz toda hora.

marcela disse...

Sábias palavras. Não acredito em "metade da laranja", nem no "homem da minha vida", nem no "príncipe encantado". Mas acredito mto em Alma Gemea, pq aposto mesmo é no q temos dentro, na essencia, no que tá lá no fundinho. Mas dai a encontrá-la...a distância é mto grande. Bjos

isabeladefilipo disse...

Que texto lindo Marcela!!!
bjo grande,Isabela

Marcela disse...

Oi Isa! Obrigada! Te espero no niver da Clara tá? Não sei se a Marilia lhe falou. Bjos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...