O blogger é atualizado de acordo com as batidas do meu coração. É um prazer tê-los comigo.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Vazios


Vejo em você o mais bonito do que todas as coisas bonitas que já vi. 
Mais bonito que o mar com aquele leva e traz. 
Amor distante, e saudade eterna dos nossos próximos instantes (inexistentes). E, em frente ao mar que não vejo, fico a ver vazios. E embarco... 
Embarco no último barco e atraco no mundo que nos separa. 
Para sempre. 
Seus abraços nunca me tocarão. Nossas bocas também não. Sua voz não me emocionará. 

O que eu endeusava, não se humaniza. O que sangrava, não estanca. O que feriu, não cicatriza: sei q não era o que você queria, nas era o que você podia… 
Amar você já é o de menos. Nada disso existe... dizem que só existe o que vivemos e não o que pretendíamos viver (mas eu discordo).
E o que eu amava se evaporou no que não pôde ser, e o que eu procurava nunca chegou porque você não deixou. 
Sequer ouço seus dentes rangendo de saudade. Saudade do que poderia ter sido.
Ainda sinto a sua falta. Ainda tateio o seu corpo invisível nesse vazio imposto. 
Não porque você é mais bonito do que todas as coisas bonitas, mas porque você cabe tão bem no que eu sinto. 
"A grande verdade é que você é mais bonito do que a verdade".

Um comentário:

Mara Ribeiro Aiache disse...

Marcela, tem um selinho para você lá no meu blog, estou te esperando.
Bj no coração

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...